Para que serve a impermeabilização de estofados, e quais os cuidados ao contratar esse tipo de serviço para dentro de sua casa?

É comum encontrar pessoas que não sabem para que serve, como fazer ou que acham que qualquer tipo de tecido pode receber o processo. Pois saiba que existem algumas recomendações. 

Atualmente, existem diversos tipos de tecidos que podem ser usados para confeccionar sofás, assentos ou qualquer outra espécie de estofado. Porém, nem todos possuem uma impermeabilização natural, como o couro ou os sintéticos.

A impermeabilização de estofados pode trazer diversas vantagens para quem optar por realizar esse procedimento. A primeira e, talvez, maior benefício, é evitar o surgimento de manchas causadas por líquidos.

Além disso, graças a impermeabilização, até limpar as demais sujeiras fica mais simples e fácil de ser feito.

Apesar de ter como foco principal não deixar os líquidos entrarem no tecido, causando manchas complicadas de serem removidas ou até definitivas, o processo também bloqueia algumas partículas de sujeira.

O serviço de impermeabilização de sofás e estofados requer vários cuidados para que ele seja realizado sem risco à saúde dos técnicos que fazem a aplicação ou às pessoas que acompanham o serviço, pois há risco de explosão quando o serviço utiliza um produto inflamável. Existem dois tipos de serviços que podem ser realizado: o de solvente inflamável que é mais perigoso, e o que é à base d’água, que não tem risco de pegar fogo, mas que geralmente é mais caro, pois a aplicação requer que um volume maior de produto seja utilizado.

A empresa que faz a aplicação deve apresentar as duas opções ao cliente. O produto inflamável é transparente e tem cheiro forte. O material à base d’água tem aspecto leitoso e não tem cheiro. E quando o produto escolhido for o inflamável, o serviço deve ser realizado fora da residência, pois abrir as janelas não é suficiente para que a aplicação seja segura e você corre o risco de pegar fogo e causar uma explosão, pois a nuvem de vapor formada pelo produto é tão inflamável, que gestos simples podem causar uma explosão, como qualquer fonte de ignição pode ser suficiente. Pode ser um cigarro aceso, ligar uma boca de fogão ou até um sensor de elevador. Por isso muito atenção!!!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fique por dentro de todas as últimas notícias e dicas da região.