Um alerta para as mães de meninos: Você já ouviu falar em torção dos testículos?

A torção é considerada uma emergência médica e precisa ser tratada imediatamente, podendo se agravar e até mesmo resultar na remoção de um dos testículos. Por isso, exige atenção e diagnóstico rápido para evitar o comprometimento permanente do órgão. Esse problema pode acontecer em qualquer idade, mas afeta principalmente crianças e adolescentes de 10 a 16 anos. Isso ocorre quando o testículo gira em torno do seu próprio eixo, causando o estrangulamento e obstrução de vascularização, interrompendo o fluxo O diagnóstico da torção testicular é feito através de exame clínico, junto com ultrassonografia. A condição é uma emergência, e caso não seja tratado dentro das primeiras 6 horas após a torção, e realizar a sua distorção manual para voltar ao normal, terá que ser realizada então a cirurgia.

Sintomas

Ocorre o desenvolvimento súbito de dor intensa no testículo. O inchaço ocorre logo depois. Pode parecer que a dor provenha do abdômen, e existe a possibilidade de surgirem náuseas e vômitos. Às vezes, ocorre febre. As pessoas afetadas podem necessitar urinar frequentemente.

Por isso, os pais tem que ficar atentos a qualquer dor nessa região , pois quando a torção acontece, é comum acordar com uma dor intensa no saco, que incha. A irrigação do testículo fica comprometida e é comum sentir náusea e vômitos. O doente deve ser levado imediatamente a um pronto-socorro ou procurar um médico urologista urgentemente. Quanto mais tempo passar, maior o risco de a bola necrosar pela falta de sangue – se isso acontecer, ela precisará ser removida.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fique por dentro de todas as últimas notícias e dicas da região.